Religião - Padre António Ferreira Tavares Júnior

 

Nasceu no Lugar de Sá, Freguesia de Sangalhos a 4 de Fevereiro de 1922 - na altura sangalhos ainda pertencia à Diocese de Coimbra. Frequentou os Seminários de Coimbra, Aveiro e Olivais (Lisboa). Foi ordenado Presbítero na Igreja Matriz da Vila de Eixo a 5 de Janeiro de 1947, por D.João de Lima Vidal (com a Diocese de Aveiro já restaurada). Celebrou a sua primeira missa na sua terra natal (“ Missa Nova” como é designada…) a 6 de Janeiro de 1947. Foi Coadjutor em Avanca de 1947 a 1949. Foi Pároco em Agadão e Belazaima do Chão de 1949 a 1951. Foi Pároco de Amoreira da Gândara e de Mamarrosa de 1951 a 1964. Foi Pároco de Oliveira do Bairro de 1964 a 1973, onde celebrou as suas Bodas de Prata Sacerdotais a 5 de Janeiro de 1961. Foi Pároco de Valongo do Vouga de 1973 a 2000, onde celebrou as suas Bodas de Ouro Sacerdotais a 5 de Janeiro de 1997. A 5 de Janeiro de 2012 fez os seus 65 de Sacerdócio como Capelão da Misericórdia de Águeda.

Foi sempre uma presença assídua nas escolas, nos vários eventos da freguesia de Valongo do Vouga e na casa dos paroquianos por motivos de festa ou de luto. Semanalmente, celebrava missas vespertinas (ao Sábado) nas capelas de Aguieira e de Moutedo, ao Domingo na capela de Arrancada e na Igreja Matriz de Valongo do Vouga. Semanalmente também celebrava missa numa capela diferente durante a semana. Em Valongo do Vouga desenvolveu várias atividades que enriqueceram a terra e promoveram a sua história e tradições, tais como:

Foi autor do jornal paroquial "Valongo do vouga" (de Janeiro de 1974 a Outubro de 2000 com uma periodicidade mensal);

Foi impulsionador de vários cortejos anuais para angariar fundos para as obras de restauração e melhoramentos levadas a cabo na Igreja de Valongo do Vouga e no Adro, nos anos 80;

Levou a cabo a edição em Livro da História "As Meninas Mascarenhas" de José Joaquim da Silva Pinho;

Foi o impulsionador da criação do Grupo Coral da missa das 11, em 1976 e que continua até aos nossos dias;

Criou o Centro Social e Paroquial de Valongo do Vouga a funcionar nas instalações da Creche D. Margarida Bastos Xavier, cuja aquisição levou a cabo;

 

Já em Águeda, para assinalar os 100 anos de história do Hospital-Asylo Conde de Sucena, foi da sua autoria a obra "Hospital-Asylo Conde de Sucena", editada pela Santa Casa da Misericórdia de Águeda em 2006 e que reflete a ação benemérita daquela instituição.

Atualmente continua a residir na Vila de Valongo do Vouga, na localidade da Carvalhosa e continua a exercer as funções de Capelão da Misericórdia de Águeda.

 

 

 

  

Comentar


Código de segurança
Atualizar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS